الاثنين، 16 مايو، 2011

VAMOS DAR Á PRESIDENTE DILMA A OPORTUNIDADE DE SER UMA GRANDE REALIZADORA ...

O ELEVADO “ preço” do apoio !...
... Aliados ou “ freguezes” ?!...

A vida marital entre o governo e a base aliada, não é tão “aliada” assim, senão vejamos. Está sujeita a chuvas e trovoadas como qualquer casamento, sobretudo os realizados não por amor, mas sim por conveniência. Uma espécie de “golpe do baú “ da política !... Esta, chamada em outros tempos de “ arte de governar” , transformou-se na “ arte de “negociar” , algo parecido com as velhas e enferrujadas “ Quem dá mais?...É dando que se recebe. Ideologia ? Programas bem definidos ? Fidelidade às legendas e a seus propósitos ? Que tudo vá às favas e o eleitor que exploda !...

A primeira crise do governo Dilma resulta da insatisfação de seus “aliados” com a demora no preenchimento dos cargos do segundo escalão, juntando-se eles a oposição, esta, aliás, desnecessária porque com “aliados” assim a oposição é desnecessária ... E por tão pouco se prejudica a agenda legislativa do Planalto.

Um mínimo de patriotismo e sensibilidade política faria com que se desse à presidente todo o apoio político, mesmo de parte dos que não nela votaram, para que consiga realizar um grande governo.

Seus primeiros meses de governo começam a mudar muitas coisas em nosso país, inclusive no que respeita às relações internacionais. Já não somos os amigos incondicionais de governantes tiranos, de nossa América e de outros continentes. Começamos uma nova política comercial, deixando de fazer concessões descabidas,
Como maus negociantes, unicamente para ajudar nossos “irmanzitos” tão pobres , Paraguai e Bolívia, por exemplo... Não somos contrários à ajuda ao Haiti, mas devemos não esquecer todos os “Haitis” que temos no Brasil ! Não temos hoje “encenações”, mas ações. Dilma é ponderada, discreta e objetiva, eis o de que precisamos.

Coloquem os políticos um pouco de juízo em suas cabeças, lembrem-se de que o regime democrático em que vivemos resulta de uma grande e memorável jornada. Sobretudo aqueles que lutaram contra o que denominam “ditadura militar”, saibam honrar a liberdade conquistada, pensando mais na nação e seu destino, que em suas algibeiras e depósitos no exterior. De nada valerá leis como a “Ficha Limpa”. Se nossas mentes continuarem sujas !

Não fôra a corrupção que campeia em nosso país, com todos os recursos naturais e materiais que possuímos, poderíamos estar melhor ainda no concerto das nações.

Pensem nisso, srs. políticos. Sejam coerentes e fiéis aos seus compromissos.

Álvaro Ramos
www.soramramos.blogspot.com

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق