الاثنين، 1 نوفمبر، 2010

ELEIÇÕES 2010 - REFLEXÕES ..Considerações sobre a campanha - BOLA PRÁ FRENTE....

ELEIÇÕES 2010 – CONSIDERAÇÕES SOBRE A CAMPANHA – Erros e acertos. Não estamos terminando e sim iniciando uma jornada,
BOLA PRÁ FRENTE .

Muito bem, missão cumprida. O Brasil está de parabéns e a democracia é, ainda, a melhor forma de governo, apesar de seus pontos fracos. Embora pecando por sua prolixidade, nossa constituição, apesar de consagrar direitos que existem apenas no texto, jamais na prática , como, por exemplo, o “ todos são iguais perante a Lei “, a soberania e a inter-dependência dos poderes, a lenidade de nossos magistrados, o descumprimento dos direitos dos aposentados, através do “confisco” de parte substancial dos valores de seus benefícios, em que pese a existência do tão alardeado Estatuto do Idoso, em grande parte inócuo; a submissão de um a outro poder da república, a “ institucionalização “ da corrupção, com a contribuição do Foro Privilegiado, o que , em aritmética, assim o definimos : - IGUALDADE -- PRIVILÉGIOS = CIDADANIA ZERO !...

Será que todos os capítulos da Constituição de 1988 já foram regulamentados ? Não sabemos; sabendo, sim, que conseguiram, desde sua promulgação, transformá-la em um verdadeira “ colcha de retalhos “, através de sucessivas emendas, geradas por interesses regionais e pessoais !

Chegamos a pensar que estamos atrasados na revisão da Constituição de 1988, através de uma Assembléia Constituinte o que, aliás, se insere no respectivo texto. Difícil que se possa imaginar uma constituição “meio atum, meio mussarela “ presidencialista e parlamentarista ! Precisamos, no entanto, ponderar sobre a capacidade de nossos parlamentares, em especial os agora eleitos, lembrando que senadores de real valor , experientes, éticos e combativos, não foram reeleitos !!! . Não corramos o risco de encenarmos espetáculos circenses em nossos parlamentos, espetáculos esses para os quais já nos sobram palhaços regiamente contratados ! . . .

Voltando às eleições de 2010, esperamos que a oposição, composta pelo PSDB, pelo DEM e seus aliados, realize uma oposição construtiva, realmente republicana. O que vimos foi a competição entre dois candidatos de valor indiscutível , que se comportaram de forma elevada, salvo alguns pequenos senões. Necessário, agora, que todos sejamos patriotas, criticando sim os atos do governo, mas que tais críticas sejam pertinentes e salutares. E se a Presidente Dilma Rosseff conseguir cumprir tudo o que consta em sua plataforma de campanha teremos, muito provavelmente, um Brasil melhor . E a Opinião Pública estará ativa para cobrar da Presidente da República o cumprimento de suas promessas.

Permitimo-nos externar nossa opinião, avaliando alguns detalhes da campanha. O Presidente Lula e o PT foram muito mais rápidos na apresentação de sua candidata, inclusive antecipando sua campanha, sem se importarem com os limites do TSE.

O PSDB falhou em pontos importantíssimos. A) - Custou a definir quem seria seu candidato, Serra ou Aécio; B) - Escolhido Serra, custou a definir quem seria o vice, esquecendo que Aécio tem perfil compatível para a presidência, não apenas para a vice. C) Após idas e vindas escolheu e divulgou enfaticamente na mídia o
nome de Álvaro Dias, afirmando que o fazia em caráter irrevogável e inegociável. D) – Não resistindo à pressão do DEM e induzido, provavelmente, pelo episódio Osmar Dias, em Curitiba,volta atrás em relação a Álvaro Dias, um dos maiores e melhores parlamentares que o Brasil já teve, e que seria um excelente gerador de votos, preterindo-o por outro nome, sem as mesmas credenciais, desconhecido pelo eleitorado e que pouco apareceu na mídia durante a campanha.

Obviamente, essa “volta atrás”, a indecisão de Serra, repercutiu desfavoravelmente em sua candidatura. Acreditamos, ainda, em que o vínculo do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso com o candidato o terá prejudicado , por conta dos 8.300.000 aposentados e pensionistas do INSS, que não esquecem a “ paternidade “ de FHC, gerando o famigerado “ Fator Previdenciário “ e a desvinculação do valor das aposentadorias e pensões na mesma percentagem dos reajustes do mínimo. Esse “confisco” remeteu à semi-miserabilidade milhões de velhos e velhas, dos quais foi “surrupiado” o direito de desfrutar um resto de vida digno e tranqüilo !...Lamentavelmente, o Presidente Lula também não se sensibilizou com a situação de nossos macróbios, vetando a quebra do cruel “Fator Previdenciário”. Daí , ousamos dizê-lo, o surpreendente sucesso de Marina Silva.

O Brasil é infinitamente maior que os méritos e deméritos de qualquer candidato e “ os homens passam, a nação fica...” Rezemos para que os predestinados, aos quais é ensejada a missão de conduzir os destinos de milhões de pessoas, mantenham suas consciências conectadas com a magnitude dessa missão, deletando as práticas negativas e sobrepondo os interesses da nação aos . seus próprios ou de grupos !interesses, passando à história como estadistas, não como mercenários. Parodiando o Presidente Kenedy, conclamamos : -

PERGUNTE-SE O QUE PODE FAZER PELO BRASIL, NÃO O QUE O BRASIL FARÁ POR VOCÊ.

Arregacemos as mangas, torcendo pelo sucesso da Presidente Dilma Rousseff e contribuindo para que esse sucesso se concretize. Façamos críticas e sugestões dentro desse objetivo, mas que sejam construtivas. Nada acontece por acaso, pois a predestinação é algo inconteste .

Álvaro Ramos
CIDADANIA ONLINE
www.soramramos.blogspot.com

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق