الأربعاء، 7 سبتمبر، 2011

SOMEMOS ESFORÇOS - Importantíssimo que ajamos com rapidez, determinação e confiança.

CIDADANIA-BRASIL-ONLINE
INSPIRAÇÃO – AÇÃO
A.D.D.I. Ação Defensora dos Direitos dos Idosos
www.soramramos.blogspot.com
economistanota10@gmail.com

SOMEMOS ESFORÇOS – PLANO DE AÇÃO
Aposentados e Pensionistas do INSS
( Complemento de nossa outra matéria desta data sobre a passeata em Marília )

Considerando que:-

01) – Nossa categoria, composta de inativos, não dispõe do instrumento de greve, única forma de pressão respeitada por nossos governantes, que nos consideram superados e até mesmo “vagabundos”, segundo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, pai amantíssimo do Fator Previdenciário e da desvinculação dos reajustes dos “benefícios” na proporção dos aumentos do salário mínimo.

02) Quando da Vigília de dezembro do Senado da República, quando os senadores aprovaram por unanimidade os projetos de lei de autoria do senador Paulo Paim, que posteriormente não passaram na Câmara dos Deputados, inclusive com a falta de apoio do então presidente da casa, Michel Temer, os senadores Geraldo Mesquita, Mário Couto Mão Santa e Romeu Tuma, classificaram as modificações citadas no item 01 supra como “ Quebra de Contrato”, “Apropriação Indébita” e “Estelionato”.

03) O governo Lula não permitiu que sua base parlamentar na Câmara votasse os projetos aprovados quando daquela vigília ( 01 supra) apesar de suas promessas de campanha. A então Ministra da Casa Civil Dilma Roussef se manifestou também contra os referidos projetos, portanto não há porque esperemos que nos atenda agora. Aliás, ela nada nos prometeu em suas manifestações de campanha.

04) Os senadores, sob a liderança de Paulo Paim, assim como o deputado Arnaldo Faria de Sá, na Câmara Federal, declararam ( quem duvidar que veja as gravações dos debates em ambas as casas) e pediram uma CPI na Previdência, alegando que não havia “déficit” na Previdência Social e sim desvio de recursos seus para outros fins, como formação do superávit primário ( nós pagando os juros da dívida...), serviços de saúde ( não de competência do INSS), grandes empresas e prefeituras inadimplentes com composições de dividas escalonadas e não cumpridas e,ainda, falcatruas freqüentes ( castigando-nos pelos erros da má gestão no INSS.)

05) Alegam que a Previdência Social “quebraria” se aqueles projetos fossem aprovados ( os servidores públicos, dos “cabides de empregos” dos políticos desfrutam de condições muito mais favoráveis e permanecem pleiteando mais ).

06) No entanto, não faltam recursos para negociatas, para os auto-aumentos de proventos dos congressistas, julgados em causa própria na calada das noites; para verbas indenizatórias, auxílios moradia, paletó, uso de vôos de aeronaves oficiais, atualização de frota de veículos, viagens ao exterior ( com familiares inclusos) e muitos etcs-é-tal.

07) Não nutramos a ilusão de que teremos o reconhecimento e a sensibilização dos políticos , em qualquer das esferas, posto que só reconhecem a força do voto, tanto assim que, não importa quem, desde que seja “puxador de votos” --palhaços ou não, analfabetos ou não – são cortejados pelas legendas.

Plano de Ação

- Lutemos para que todos os aposentados e pensionistas revalidem seus títulos e se disponham a votar.
a) – Que obtenham o apoio de seus familiares e amigos (mesmo os mais jovens serão os beneficiários do futuro.)
b) - Cada eleitor comunicará ao seu Comité Regional os resultados da semana, resultados esses que transmitirá ao Comitê Central, que os consolidará, passando aos Comités Regionais os resultados totais da semana.
c) - Essas comunicações poderão ser feitas por e-mail, fax, telefone ou outra forma, de eventual preferência do informante.
d) - Palestras serão efetuadas com o objetivo de despertar o interesse dos eventuais pessimistas.
e) - Cada Comitê Regional procurar obter o apoio da mídia de sua região, para a publicação gratuita de nossos comunicados.
f) - Por razões financeiras os comitês funcionarão em local de propriedade ( por exemplo, a residência) do coordenador.
g) - Com vistas às eleições de 2014, se agirmos com determinação e entusiasmo poderemos formar um contingente eleitoral muito expressivo. Esse material será a alavanca de nossas negociações políticas.
h) - Se todos agirem na divulgação de nosso objetivo os resultados serão os mais positivos.
i) - Álvaro Ramos, Coordenador Geral, estará à disposição dos interessados para esclarecimentos adicionais.

São Paulo- 06.09.2011
______________________________________________________________________

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق