الثلاثاء، 27 سبتمبر، 2011

Até tú, Brutus ? ( Nero, Imperador romano, guardadas as proporções de tempo e espaço. )

“ Justiça sofre com “bandidos de toga” ,
afirma corregedora. ( Pág. A-7-Folha de São Paulo/27.09.2011)

No topo de nossos noventa anos ouvimos sempre falar que decisões do Judiciário não são passíveis de discussão, mas de cumprimento. E, logicamente, dignas de respeito mas vemos, agora, que esse respeito há que ser merecido, não exigido.

Não somos nós quem o diz, é a Corregedora Nacional de Justiça quem “ fez duros ataques a seus pares ao criticar uma entidade de juizes de tentar reduzir o poder de investigação do CNJ
( Conselho Nacional de Justiça”, acrescentando:-
“É o primeiro caminho para impunidade da magistratura, com problemas de infiltração de bandidos atrás da toga.”

Nós, a opinião pública deste país, hoje muito mais politizada que ontem, estamos cansados de ver importantes trabalhos realizados pela Polícia Federal serem invalidados por liminares e habeas-corpus, inclusive com a fuga de acusados para o exterior, com enormes despesas de busca desses foragidos para serem beneficiados pela leniência das leis, cujas brechas são inteligentemente exploradas por advogados de renome. Vemos, inclusive, em pleno exercício em nossos parlamentos, políticos condenados por tribunais estrangeiros e impedidos de deixar o país.

Vemos, inclusive, políticos com fichas duvidosas assumindo posições importantes, em substituição a exonerados por improbidade.

E a Lei da Ficha Limpa, vai bem, obrigado ?...

Álvaro Ramos
Cidadania-Brasil-Online
Constituição Federal
Artigo 5º. Inciso IV.
“ É livre a manifestação
do pensamento, sendo
vedado o anonimato.”

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق