الأحد، 5 يونيو، 2011

FLUOR, Por que o Brasil continua usando ? Façamos esta pergunta ao Congresso Nacional.

CONVÉM SABER...
“ Flúor : Por que o Brasil Continua Usando ?

O Informativo Trilógico de Ciência, Filosofia e Tecnologia “ STOP A Destruição do Mundo”! em seu exemplar no. 52. de maio/2011”(I) publica um alerta da mais alta importância que consideramos digno de ser divulgado, para o bem da totalidade da população, a maioria possivelmente ignorante de seu conteúdo.

Diz o articulista, o jornalista científico trilógico José Ortiz Camargo Neto:- “ A fluoretação da água é obsoleta. Nações que continuam com essa prática deveriam envergonhar-se. ( Dr. Arvid Carlson, farmacologista sueco, Prêmio Nobel de Medicina/Fisiologia 2000, entrevista à rede www.fluoridealert.org)

“ A colocação de flúor na água é proibida na Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Islândia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega e Suécia (97% da Europa Ocidental) por ser considerada uma prática antiética (medicação forçada) perigosa ou nociva ao ser humano e ao ambiente (http:/www.fluorialert.org/govt-statements.htm). No Brasil, ao contrário, a fluoretação da água é obrigatória em todas as cidades pela Lei 6050 de 24 de maio de 1974, promulgada na era Geisel ; e a medida é defendida pelas cinco entidades de odontologia de âmbito nacional. E de onde vem o flúor adicionado à água ?




Dos Estados Unidos vem a denúncia que os fluossilicatos
contidos na água fluoretada são “substâncias obtidas de filtros depuradores de refugos industriais de fábricas de fosfatos fertilizantes que contém contaminantes como arsênico, chumbo, cádmio, mercúrio e substâncias radiotivas, legalmente considerados industriais e proibidos de serem dispersados no meio ambiente (...) O fluoreto de sódio também é um dejeto industrial com contaminantes altamente nocivos” ( Manifesto de cientistas e funcionários US. Evronmental Protecction Agency – a Agência de Proteção Ambiental Norte-americana em 6 de maio de 2003 (cf. Arnaldo Veloso da Costa , “ Toxidade do flúor “ , site da Associação Brasileira de Medicina Complementar ). No Brasil,o Ministério da Saúde confirma em seu Guia de Recomendações para Uso de fluoretos, que “os elementos químicos usados no processo de fluoretação de águas advêm da fabricação de fertilizantes, tendo por base fosfatos (Cremer; Butner, 1970. ( http//cfo.org.br/wp-content/uploads/2010/02/livro_guia_fluoretospdf, site do Conselho Federal de Odontologia.

De acordo com centenas de estudos disponíveis na Internet, o flúor acumulado no organismo pode causar doenças como fluorose (manchas nos dentes) senilidade precoce, dopagem, distúrbios neurológicos, etc. Além disso, estatísticas mundiais mostram que a fluoretação não traz o alardeado benefício de prevenir ou reduzir cáries, afirma o Dr. Bill Osmunson, dentista clínico e estético há mais de 30 anos nos Estados Unidos. E se não há benefícios, por que fluorestar ? pergunta ele.(http://www.youtube.com/watch?v=ZYjiww7pv3E). Ao que nós(I) perguntamos Flúor, por que o Brasil continua usando ? “

Álvaro Ramos
www.executivonota10@gmail.com
São Paulo / BR
________________________________________________________________

OPINAMOS :- A matéria deve ser encaminhada ao Congresso Nacional. Louvável a iniciativa do órgão citado (I) por todos elogiável.

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق