الثلاثاء، 15 يونيو، 2010

MÃOS Á OBRA, SENHORES DEPUTADOS ESTADUAIS...

“ Assembléia produz em média
só meio projeto por deputado “(*)

“ Balanço de ONG mostra que apenas 51 projetos
de lei com algum conteúdo foram aprovados pelos
94 parlamentares em 3 anos.” (*)

“ R$1,6 bilhão foi o custo da Assembléia para os
cofres públicos de 2007a 2009. R$145 é quanto
cada habitante desembolsou para manter a casa
no mesmo período.” (*}

(*) ONG Voto Consciente / Estadão 15.06.2010- Pág. A-9.
_______________________________________________________________________________
Na qualidade de cidadãos, pagadores de impostos, somos forçados a registrar nosso total desencanto em relação aos resultados acima mencionados. Se ao invés de um órgão público ( a Assembléia Legislativa da mais importante unidade da federação ) fosse uma empresa particular, essa ausência total de produtividade seria justa causa para demissões coletivas ou, então, a empresa teria que requerer concordata. Óbvio, não ?!...

Esses noventa e quatro senhores deputados representam 645 municípios, com um “PIB” de cerca de R$ 730 bi , correspondente a 33,9% do “PIB” nacional. Será que esse gigante que é o Estado de São Paulo - maior, mais importante e mais rico que muitos paises de todo o planeta, não encontraram em suas respectivas regiões, problemas os mais diversos que poderiam ser resolvidos com sua interferência ? Que pensam e como agem seus eleitores, cujos votos foram encarecidos mediante promessas ?!...

Mesmo quando os governadores são eficientes e honestos, como é o caso de José Serra, está sujeito a erros ou omissões, valendo então a interferência dos deputados. Entre nós, paulistas, por exemplo, entendemos que a saúde pública e a educação,na gestão Serra, pecou em alguns detalhes. Por exemplo, seria melhor que construísse menos “AMES” e aumentasse a capacidade de atendimento do Hospital dos Servidores do Estado, cujo pronto-socorro está permanentemente sobrecarregado, com macas espalhadas pelos corredores. Mesmo com a reforma em curso acreditamos que a assistência ao servidor público não melhorará, por falta de espaço físico. Há, na cidade, vários hospitais desativados, que poderiam ser reativados a custo relativamente baixo. Só há “AMES” na periferia, embora alguns devessem se situar em pontos mais centrais, tendo em vista o empobrecimento da ex-classe média e o custo elevado dos planos de saúde.
Até agora, apesar de e-mails e contatos telefônicos com a Secretaria da Saúde, não conseguimos a relação dos ambulatórios.

No que concerne à Educação, nossos professores, além de mal pagos, correm risco diário de agressões físicas e morais. Alunos indisciplinados, cujos pais não sabem coibi-los, não só agredindo os professores mas também depredando instalações, destruindo o patrimônio público. Novas leis deveriam responsabilizar, inclusive com multas altas, os pais desses alunos, pois só a energia resulta em ordem e respeito ao semelhante. A propósito, em e-mail de 24 de maio último, levantamos o assunto ao deputado João Mellão Neto, mensagem ainda não respondida.

Por favor, senhores, o povo brasileiro lutou intensamente para o restabelecimento da democracia. A luta foi bem sucedida, mas precisamos provar que realmente valeu a pena.

Cordialmente,
Álvaro Ramos
CIDADANIA ONLINE
addi@addi.com.br
___________________________________________________________________________

Constituição Federal
Artigo 5º. Inciso IV
“ É livre a movimentação
de pensamento, sendo
vedado o anonimato.”
_____________________________________________________________________________________

ليست هناك تعليقات:

إرسال تعليق